quinta-feira, 4 de março de 2010

@TvibopeOficial

Record Vs. Record – Quem ganha?

http://2.bp.blogspot.com/_frU-jbyvJLw/SomWMBiuZvI/AAAAAAAABBU/8Of0nAjmbX8/s400/EDIR+MACEDO++a+Universal+e+a+Record.jpg
Nos acostumamos a ver os Logos das principais emissoras numa disputa por audiência e preferência dos telespectadores nas páginas de revistas, matérias de jornais e sites sobre televisão.
Desde que a Rede Record desafiou a Rede Globo, passou a dominar esse cenário por disputar a tão sonhada liderança.
Sua ousadia em adotar o slogan: “A Caminha da Liderança” em 2004, causou risos em muitos e a fúria de alguns.
Hoje a situação mudou bastante, não causa mais risos, mas com certeza continua a causar a fúria, só que de muitos agora!
É uma reação difícil de descrever pela intensidade e também pela justificativa que não se explica…
Uma relação de amor e ódio!
É verdade que a explicação pode estar em grande parte em nossa origem latina, passional, mas todos concordam que não pode ser só isso!
Misturar TV com religião, dízimos, fé, poder… Nada disso tem sentido!
As Redes de TV são empresas comerciais, dízimo está ligado a quase todas as religiões do mundo: Islâmiscos, Cristãos, Mulçumanos e Judeus praticam o dízimo.
Fé e religião são questões pessoais!
Se não são essas coisas que atrapalham, eu pergunto: Qual é o maior problema da Rede Record?
Com certeza o maior problema se encontra em nossa natural resistência às mudanças!
Sim…é cultural!
O novo… O diferente… E isso só o tempo pode mudar.
A verdade é que a Record tem em si mesma, a sua maior oponente!
Engana-se quem acredita que a Globo ou SBT poderiam derrotar a Rede Record. Na verdade, só a Record pode vencer a Record, ou derrotá-la!
A Globo não tem mais como crescer e luta para se manter onde está;
O Sbt pela distância estrutural existente, provocada pela falta de investimentos de muitos anos. Também por questões estratégias tem alvos diferentes dos da Rede Record e Globo.
Nos últimos dois anos, as mudanças internas ocorridas na direção, e fatores das quais não temos acesso, causaram uma ruptura na emissora mais antiga do país (em atividade).
Minha conclusão vem dos resultados, alguns positivos e muitos negativos. Ainda assim, reconheço que a emissora se mantém sólida nos seus objetivos, o mesmo não podendo dizer de suas decisões.
O erro mais gritante pela desconexão com sua trajetória, foi certamente a contratação de Augusto Liberato, o Gugu.
A sucessão dos erros só não trouxe resultados piores pela deficiência da própria concorrência. (leia-se Sbt)
As tardes da Record por exemplo: simplesmente não existem!
Das 14h00 às 18h00, a Rede Record parece adormecer e acorda somente para o Horário Nobre, seu prato predileto. Acorda lentamente e só desperta com a JR.
No final de semana perde quase que totalmente sua identidade, parece até uma outra emissora.
Salvam-se somente o Domingo Espetacular, JR, Esporte Fantástico e poucos quadros do Melhor do Brasil. O Show do Tom é morno e não apresenta o dinamismo esperado pelo seu público, com isso dispersa muito. Até os Sitcons tão bem sucedidos desapareceram da grade.
Com a chegada do Gugu ficou ainda pior:
Você está assistindo ao Domingo Espetacular e de repente, aparece o Paulo Henrique Amorin pedindo para você mudar de canal, ou seja: Anuncia que vem ai o Gugu…
Você pode estar pensando que tenho algo contra o Gugu ou algum preconceito. Nada disso… O problema esta no óbvio, o público do Gugu não é o mesmo do Domingo Espetacular… Duvida???
Em 20 de fevereiro de 2010 o Domingo Espetacular entregou ao Gugu uma audiência de 15,9 pontos. Em menos de 2 minutos essa audiência despencou para menos de 9 pontos, ou seja, 7 pontos perdidos em apenas 2 minutos. Isso jamais aconteceria com Tela Máxima apresentando um bom filme.
Não é preciso tudo isso para apertar o botão do controle remoto! O erro óbvio está no horário de exibição do programa!
E não é preciso ser um gênio para perceber isso. Gugu deveria concorrer com o Domingo Legal ou no horário vespertino, além de ser completamente reformulado.
O público da Record é diferente do público do Sbt e certamente quer novidades no programa e não encontrar o Sbt dentro da Record, é óbvio! Senão ficaria no Sbt.
A Record precisa se reaproximar de seu público e de seus colaboradores, esse distanciamento é nítido e muito prejudicial. Imitar a Globo pelo menos nesse quesito é um grande erro!
Acertar e equilibrar sua grade de programação é fundamental. Não posso deixar de reconhecer os acertos, Olimpíadas, Poder Paralelo, as modificações em Bela, A Feia. Hoje em Dia, JR, Mini séries, Legendários, Fala Brasil, etc
Mas, fica ainda a dúvida diante de tantos erros: Gugu, Geraldo Brasil, Vildomar, Programa da tarde, Preço Certo, 2ª edição da Fazenda, mudança de horários, etc.
Será somente a sorte que faz a Record crescer mesmo diante de tantas falhas?
Uma coisa é certa, se for somente sorte, a Record pode derrotar a Record.
E acreditem… Ninguém quer isso de fato!

@TvibopeOficial

About @TvibopeOficial -

Author Description here.. Nulla sagittis convallis. Curabitur consequat. Quisque metus enim, venenatis fermentum, mollis in, porta et, nibh. Duis vulputate elit in elit. Mauris dictum libero id justo.

Receba Notícias da TV por E-mail

1 comentários:

DIGITE SEU COMENTÁRIO

Você tem algo a falar sobre a Notícia?

>>> DEIXE AGORA SEU COMENTÁRIO <<<