PopUP

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

NA CARA DURA: Record faz propaganda da IURD no “Domingo Espetacular”


A Record continua misturando a Igreja Universal com os programas jornalísticos da casa. No “Domingo Espetacular”, a emissora vem tentando uma vez ou outra enfiar a igreja na casa dos telespectadores, de maneira bem sutil.

Em uma reportagem de 26 minutos, o programa mostrou como “as pessoas conseguem se livrar do vício das drogas”. Durante toda a semana, as chamadas tentavam despertar atenção daqueles que convivem com esse problema.
Porém, para a surpresa de todos, toda a matéria não passou de uma propaganda da Universal ou do trabalho de um de seus bispos, o teólogo Rogério Formigoni. Os repórteres nem fizeram questão de tentar disfarçar algo.
Teve até filmagens dentro de uma igreja, na cara dura, com a intensão de infiltrar religião no jornalismo, como aponta o jornalista Flávio Ricco.

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

SEPROMI BA homenageia nesta quarta Mãe Gilda, vítima de intolerância religiosa por parte da IURD.

Sepromi homenageia nesta quarta Mãe Gilda, vítima de intolerância religiosa
Mãe Jaciara com quadro de mãe Gilda | Foto: Reprodução
A titular da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial do Estado (Sepromi), Vera Lúcia Barbosa, participará de ato simbólico na manhã quarta-feira (21) para marcar o Dia Nacional do Combate à Intolerância Religiosa, no Parque do Abaeté. O dia foi instituído em memória da baiana Gildásia dos Santos, Mãe Gilda, que sofreu episódios em desrespeito a sua fé. Ela faleceu em 2000 após agravamento de seus problemas de saúde por conta dos processos na Justiça. O busto da ialorixá será ornado de flores em ritual organizado pelo terreiro que ela fundou e, atualmente, é liderado por sua filha biológica, Mãe Jaciara, o Axé Abassá de Ogum. Em 2008, o Supremo Tribunal Federal (STF) condenou a  Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd)  a indenizar a família de Mãe Gilda em pouco mais de R$ 400 mil, com correções, por danos morais. De acordo com matéria do jornal A Tarde, na época, o jornal da igreja, Folha Universal, publicou em outubro de 1999 uma foto de mãe Gilda em uma matéria com o título “Macumbeiros charlatões lesam o bolso e a vida dos clientes”. No ato de quarta-feira, estarão presentes adeptos do candomblé e de outras religiões de matriz africana, familiares e amigos de Mãe Gilda, que teve seu terreiro invadido, violado e imagem maculada por representantes de outro segmento religioso.
 

Manchete de matéria que desencadeou a batalha na Justiça | Foto: Reprodução

Bahia Notícias

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

COMENTE ESSA IMAGEM!

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

É FATO: Igrejas tiveram papel decisivo no Golpe de 64 e na consolidação da Ditadura no Brasil


O apoio dado pelas igrejas do Brasil ao golpe militar de 1964 e, mais tarde, à consolidação da ditadura, terá destaque no relatório final da Comissão Nacional da Verdade - que será entregue à presidente Dilma Rousseff na quarta-feira (10). A informação é do coordenador do grupo de trabalho encarregado de analisar a questão religiosa naquele período, o cientista social Anivaldo Padilha. Em entrevista à reportagem do Estadão, ele observou que já existe grande quantidade de estudos e pesquisas sobre as perseguições sofridas pelas igrejas e a resistência de religiosos e leigos à ditadura. O colaboracionismo, porém, ainda teria sido pouco estudado. "Lideranças religiosas católicas e protestantes apoiaram o golpe e contribuíram em seguida para a legitimação e consolidação da ditadura", afirmou. "Nós já sabíamos, desde o início, do papel importantíssimo que as igrejas tiveram, às vésperas do golpe, na disseminação da ideologia anticomunista, provocando medo e pânico em alguns setores da sociedade. Nesse sentido foram absolutamente responsáveis por criar o clima político que possibilitou o golpe. Agora, porém, obtivemos mais detalhes, chegamos a casos de padres e pastores que denunciaram membros de suas igrejas, fiéis e até colegas". Segundo Padilha, o relatório da comissão terá nomes dos delatores. Ele não quis citar nenhum, afirmando que faz parte de um acordo com a coordenação-geral da Comissão Nacional, pelo qual as informações só poderão ser divulgadas após a entrega do relatório a Dilma. "Nós tivemos acesso a um documento que revela que um bispo e um pastor metodista se ofereceram para ser informantes da polícia", contou. "Mas esse não foi um caso isolado. Aconteceu em outras igrejas".

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

SURPRESA? Manuscrito de 1500 anos comprova que Jesus teve filhos com Maria Madalena, dizem pesquisadores

Manuscrito de 1500 anos comprova que Jesus teve filhos com Maria Madalena, dizem pesquisadores
Foto: Reprodução
Jesus teria se casado com Maria Madalena e tido dois filhos, de acordo com um manuscrito de quase 1,5 mil anos descoberto na Biblioteca Britânica. Relatado pela matéria do jornal The Sunday Times, o chamado “Evangelho perdido” foi traduzido em aramaico e supostamente traz as alegações. Os tradutores do novo evangelho afirmam que Maria Madalena já aparecia em evangelhos existentes e está presente em muitos dos momentos importantes registrados na vida de Jesus. Isso aumentaria a participação histórica da figura da suposta prostituta Maria Madalena, como o mostrado em obras literárias. Nikos Kazantzakis, em seu livro de 1953, "A última tentação de Cristo" e, mais recentemente, Dan Brown, em "O Código Da Vinci", fizeram a mesma alegação. Maria Madalena também é vista como amante de Jesus no “Evangelho Segundo Jesus Cristo”, do português ganhador do Nobel de literatura José Saramago. As revelações do livro, incluindo os nomes dos filhos de Jesus, serão conhecidas no lançamento da obra nesta quarta-feira (12). A editora Pegasus confirmou a data de publicação. As informações são do jornal O Globo. 

Bahia Noticias 

domingo, 26 de outubro de 2014

VÍDEO POLÊMICO: JN fala sobre ‪#‎Estranha‬ internação de doleiro Youssef após delação denunciando Lula e Dilma em corrupção na Petrobrás

<div id="fb-root"></div> <script>(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "//connect.facebook.net/pt_BR/all.js#xfbml=1"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));</script>
<div class="fb-post" data-href="https://www.facebook.com/video.php?v=793292754067616" data-width="466"><div class="fb-xfbml-parse-ignore"><a href="https://www.facebook.com/video.php?v=793292754067616">Publicação</a> by <a href="https://www.facebook.com/audienciadetv">Audiência da TV - TvibopeOficial</a>.</div></div>

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

MP-BA questiona duas leis que impedem venda de bebida alcoólica em feriado religioso

MP-BA questiona duas leis que impedem venda de bebida alcoólica em feriado religioso
O Ministério Público da Bahia (MP-BA) apresentou duas ações diretas de inconstitucionalidade à Justiça nesta quarta-feira (10) contra duas leis editadas pelos municípios de Feira de Santana e Baixa Grande, que impedem o funcionamento de bares e a venda de bebidas alcoólicas em restaurantes durante feriado religioso. O MP afirma que as leis são incompatíveis com a Constituição Estadual por restringir a liberdade de atuação do particular em detrimento do direito constitucional da livre iniciativa, do livre exercício de qualquer trabalho e de não ser privado de direitos por motivo de crença religiosa. As petições são assinadas pelo procurador-geral de Justiça Márcio Fahel e o assessor especial, promotor de Justiça Paulo Modesto. O MP alega que os legisladores não observaram o princípio da igualdade ao chancelar as leis que tem a finalidade exclusiva de proibir a venda de bebidas na “Sexta-feira da Paixão”, desconsiderando uma parcela da população que não são cristãos. O ato é considerado como discriminação religiosa. A entidade defende o Estado Laico, como está previsto na “Ação Nacional em Defesa dos Direitos Fundamentais”, uma iniciativa do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) por meio da sua Comissão de Defesa dos Direitos Fundamentais. O Parquet destaca que é proíbido qualquer manifestação estatal que impeça o livre exercício da crença religiosa, e que limite a livre iniciativa.
BAHIA NOTÍCIAS

terça-feira, 9 de setembro de 2014

VEJA A IMAGEM: Selfie irônica com Silas Malafaia faz sucesso na internet

Selfie irônica com Silas Malafaia faz sucesso na internet 
Uma foto tirada com o pastor pentecostal da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, Silas Malafaia, tem sido chamada de “a selfie do ano” depois de se tornar viral na internet. A jovem Murielle Facure postou a imagem na rede social Instagram, e aparece em um avião, à frente do líder religioso e de sua mulher, Elizete, com uma folha em que se lê: “Abra sua mente, gay também é gente” – em referência a uma música do grupo Mamonas Assassinas. "Fui tirar um selfie e olha quem tava atrás, Ops! (Gente que quer poder casar)", acrescentou na legenda. Malafaia é conhecido por suas opiniões polêmicas em relação ao público LGBT e, segundo Murielle, a chamou de “estúpida”. “Ele falou que eu sou estúpida, que eu podia ter pedido pra tirar foto com ele e ele tiraria de boa! Mas aí depois teve um longo diálogo. Aí eu falei ‘vamos tirar’ e eles ficaram ironizando e rindo de mim, falando ‘depois a gente é que é ignorante’. Aí eu falei ‘eu não sou a ignorante aqui. Pelo menos não fico impedindo a felicidade das pessoas’. Aí ele falou que não impedia a felicidade de ninguém, ele tinha uma posição. Aí ele ficou resmungando e ironizando, eu deixei pra lá, porque a mulher dele começou a tipo dar aqueles tapinhas de ironia em mim, tipo 'senta lá Claudia' e eu fiquei meio p... com isso”, contou. Em seu perfil no Twitter, Malafaia comentou o caso e chegou a “agradecer” a população LGBT. "Mais uma vez: muito obrigado ao movimento gay por toda a promoção que tem feito a meu respeito, sinceramente, não tenho como agradecer kkkkk", ironizou.

#COMPARTILHE

Linkwithin

Related Posts with Thumbnails
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Via Twitter Audiência da TV - Real Time | Noticias