IURD - Escândalos da Igreja Universal

O lado oculto da IURD você encontra aqui.

Recent Tube

domingo, 1 de fevereiro de 2009

Edir Macedo exibiu filme pornô, diz pastor

Publicado no Jornal Folha de São Paulo em 28/01/08

O pastor Carlos Magno de Miranda deve divulgar hoje novas fitas de vídeo que mostram líderes da Igreja Universal do Reino de Deus assistindo a um filme pornográfico e escondendo nas roupas dinheiro supostamente obtido com o narcotráfico colombiano para a compra da TV Record.

Carlos Magno, 40, foi aliado de Edir Macedo e coordenador da Igreja Universal do Reino de Deus no Nordeste.

Ele disse ter feito as gravações em hotéis de Bogotá, na Colômbia, e numa cidade do interior paulista, cujo nome disse não recordar.

Dólares

Na fita que teria sido gravada na Colômbia, pastores supostamente encarregados de buscar US$ 1 milhão de um narcotraficante para a compra da TV Record apareceriam "camuflando o dinheiro" em suas roupas.

O ex-pastor Honorilton Gonçalves, hoje bispo, teria sido o líder da comitiva. Gonçalves apresenta o "25ª Hora, da TV Record.

"Ele (Gonçalves) viu que eu estava gravando e disse brincando: 'ó, se o Carlos apresentar essa fita para alguém é armação, tá?"'.

Segundo Miranda, Gonçalves aparece escondendo dólares no paletó e nas meias.

O dinheiro teria sido entregue para Edir Macedo, na Rádio Copacabana, no Rio de Janeiro, onde, de acordo com o pastor dissidente, funcionava na época o escritório central do líder da Universal.

Encontro de casais

Em outra fita, disse Miranda, Edir Macedo aparece com a mulher e outros pastores assistindo a um filme pornográfico no telão de um hotel no interior paulista, onde a igreja estaria promovendo um encontro de casais.

"Ele (Macedo) disse que algumas mulheres reclamaram que os maridos trabalhavam muito e chegavam à noite cansados, sem tempo para nada, sem querer uma vida sexual normal", disse Miranda.

"No dia seguinte, o bispo fez outra reunião e aí veio com essa idéia de apresentar o filme, que, segundo ele, serviria para despertar esses pastores que estavam meio adormecidos".

Em setembro, Miranda denunciou as supostas irregularidades da Igreja Universal, em entrevista à Agência Folha.

Ele mencionou possíveis ligações com o narcotráfico e disse que rádios da igreja foram montadas com equipamentos contrabandeados.

O pastor dissidente afirmou ainda que a partir de 87 o parâmetro da Universal passou a ser o dinheiro e que os salários dos líderes passaram a ser vinculados à arrecadação que obtinham dos fiéis.

Ainda segundo o pastor, a região Nordeste era obrigada a remeter a Macedo, mensalmente, cerca de US$ 800 mil.

Miranda afirmou ainda que Edir Macedo lhe disse que pretendia ser presidente da República.

Carlos Magno é empresário do ramo de importados e líder da Igreja Espírito Santo de Deus, que tem um templo em Recife.

Outro lado

Honorilton Gonçalves disse que só falaria depois de ver as imagens. Em depoimento à Polícia Federal, há alguns anos, Gonçalves disse que tinha ido à Colômbia para fundar novas igrejas.