IURD - Escândalos da Igreja Universal

O lado oculto da IURD você encontra aqui.

Recent Tube

domingo, 17 de junho de 2012

Tássia Camargo sobre Record: ‘É uma ditadura de pastores’

FOTO-DIVULGAÇÃO- ARQUIVO
A atriz  com 35 anos de carreira em Televisão, Cinema e Teatro, 51 anos, cedeu uma entrevista polêmica, sem nenhum medo de falar  o que pensa,  ao Jornal O Dia.
Tássia tem uma personalidade forte, é militante política, ‘lulista’, nem tenta esconder as mágoas  e admite erros em sua vida, um exemplo:  troca da  Globo pela Record.
“A minha maior decepção foi a Record. Não foi a novela, nem o autor. Foi achar que a emissora era outro campo de trabalho, que não é. Aquilo é uma ditadura de pastores, uma coisa horrorosa. Só fui para lá porque a Globo não ia me contratar e, nessa época, por coincidência me chamaram”, afirma.
A atriz está afastada da TV desde 2007, quando rompeu seu contrato com a emissora,  hoje,  investe no teatro, onde foi criada.
“As pessoas acham que só por você não estar fazendo televisão, não se está fazendo nada. Se você não  faz novela e não tem Facebook, você não é ninguém”, diz ela, que estreia nesta sexta-feira 15/06 o espetáculo “Se você me der a mão”, no Teatro Gazeta, em São Paulo, com direção de Ernesto Piccolo.