IURD - Escândalos da Igreja Universal

O lado oculto da IURD você encontra aqui.

Recent Tube

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

HOMEM DE DEUS? Pastor Manoel Teoplício que exigia 'boa conduta' de fiéis é condenado por estupro

O pastor Manoel Teoplício de Souza Ribeiro (foto), 52, da Assembleia de Deus, exigia das fiéis “boa conduta”, como não usar calças cumpridas e maquiagem – coisas do demônio, segundo dizia. Mesmo sendo tão conservador, atraia muitos fiéis para a sua igreja em Samambaia, cidade próxima de Brasília.

Pastor abusou de crianças
na faixa de 4 a 11 anos
Ribeiro foi condenado a 50 anos e 10 meses de prisão por ter estuprado crianças na faixa de 4 a 11 anos, filhas de fiéis. A sentença, agora divulgada, tomada há um mês pela Justiça do Distrito Federal.

O pastor já se encontrava preso preventivamente desde junho de 2011. Ele alegou à polícia ter conhecimentos de medicina e que, por isso, levava as filhas de fiéis para sua casa de modo a tirar delas “maus fluidos” por intermédio de massagens. Só que  massageava principalmente a genitália das meninas, de acordo com as denúncias.

Ele abusava das crianças desde 2005 e as ameaçava para que não contassem nada a ninguém.


Uma fiel contou que confiava tanto em Ribeiro, que permitiu que sua filha fosse morar com ele.

“O pastor Téo estava sempre rodeado de crianças”, disse a fiel. “Algumas até dormiam lá, eu confiava e deixava a minha também.” Disse que só soube que o pastor de “sermões bonitos” estava estuprando sua filha seis anos depois.

Ribeiro está no Complexo Penitenciário da Papuda, na região de Brasília.

Com informação das agências e Paulo Lopes