IURD - Escândalos da Igreja Universal

O lado oculto da IURD você encontra aqui.

Recent Tube

segunda-feira, 15 de junho de 2009

IGREJA UNIVERSAL: MAIS UM ESCÂNDALO APENAS




Bispo acusado de matar adolescente na BA é preso em Pernambuco
josemarsantosEspecial para o UOLEm Salvador
Acusado de participar da morte do estudante Lucas Terra, 14, há sete anos, o bispo da Igreja Universal do Reino de Deus Fernando Aparecido da Silva foi preso neste final de semana em Jaboatão dos Guararapes (PE) e transportado para Salvador no começo da madrugada do domingo (25). O bispo foi preso em uma operação conjunta das polícias baiana e pernambucana, logo depois de ter celebrado um culto. A prisão preventiva do bispo foi decretada na última quarta-feira (21) pelo juiz Vilebaldo Freitas, da 2ª Vara do Júri de Salvador. Ao ser detido, Aparecido da Silva disse que estava em Pernambuco havia 15 dias, a serviço da Igreja Universal. Além do bispo, respondem pelo crime os pastores Silvio Galiza (já condenado e cumprindo pena em regime fechado) e Joel Miranda, que está foragido. A morte de Lucas Terra, ocorrida no dia 21 de março de 2001, teve repercussão internacional. Segundo os autos do processo, o estudante sofreu abuso sexual, foi estrangulado dentro do templo da Igreja Universal do Reino de Deus, no Rio Vermelho (orla de Salvador), e queimado vivo em um terreno baldio. José Carlos Terra, pai do estudante, disse que Lucas freqüentava a Igreja Universal por causa de uma namorada, que era obreira. "Recebi a notícia da prisão do bispo com alívio e alegria, não vou ficar tranqüilo enquanto todos que mataram o Lucas, um garoto puro e inocente, não forem condenados. Eu e minha família já fomos condenados a viver com essa dor para sempre."A SSP (Secretaria da Segurança Pública) da Bahia informou que, na próxima terça-feira (27), deverá ser realizada uma sessão de acareação entre o bispo preso em Jaboatão dos Guararapes e o pastor Galiza. O advogado Anderson Casé, contratado para defender o bispo, disse que Fernando Aparecido da Silva viria para a próxima audiência. A Justiça baiana, no entanto, alega que o bispo faltou em duas convocações, sob a alegação de que não tinha dinheiro para pagar a passagem. O advogado disse, também que, após tomar conhecimento das razões que motivaram o pedido de prisão preventiva, vai impetrar um habeas corpus. Segundo alguns agentes da Polícia da Bahia, o pastor Joel Miranda estaria em Cabo Frio-RJ.