IURD - Escândalos da Igreja Universal

O lado oculto da IURD você encontra aqui.

Recent Tube

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Eike Batista x Record: O que Eike Batista pode fazer contra a Record?

http://www.cabecadecuia.com/imagem/materias/eike_batista444_1b1b7d515438775dc003d34d8497411c.jpg
Já é de conhecimento de todos o que aconteceu entre o empresário mais rico do Brasil (Eike Batista) e a TV Record, publicado ontem aqui no site RD1 Audiência, tem muitas pessoas comentando o caso. Se forem levar em consideração as maneiras que ele pode usar contra a emissora, a Record não está perdida a tão ponto assim... Mas poderá deixar de ganhar coisas boas, nada que a Igreja Universal possa cobrir com seu poder e dinheiro.
Segundo o empresário, que tem 27 bilhões de dólares em bens materiais, ele fará uso de meios virtuais, como redes sociais e Youtube, mas poderá também usar de meios como:
- Não receberá um centavo de publicidade das empresas, em nenhuma emissora afiliada ou a própria rede, que atinge milhões de reais anualmente em receitas publicitárias.
- O Grupo EBX é a maior patrocinadora (depois do próprio governo federal e suas estatais) das Olimpíadas de 2016, o que dificultará a Record neste meio, mesmo tendo direitos compartilhados de exibição.
- O filme, que esta sendo um sucesso no cinema, 5 vezes favela agora por nós mesmos não terá direitos para a Record, já que foi patrocinado pela empresa de Batista.
- E ainda a TV dos bispos quer, ou queria, o empresário para apresentar o reality adquirido por esta, o Quem quer ser milionário?, e agora não vai ter ele, nem no sonho.
É claro que isso são apenas suposições, e pode ser muito pior ou então nada disso que consideramos, mas se somente estas 4 possibilidades ocorrer, em especial as 2 principais, já vai ser suficiente para uma boa imagem que a emissora tem que mostrar (ou manter) hoje em dia.
Agora o que é mais esperado, que a emissora dos bispos, além de perder um pouco de prestígio no meio virtual (que estava tentando ganhar com o R7 e o programa Legendários), tem direito de processo por danos morais à Eike, ou mesmo materiais (se comprovado perda de clientes com falsas declarações) nas empresas do grupo EBX.
É aguardar e ver que fim vai o desenrolar desta história, que poderá contar com apoio da Folha de São Paulo e da TV Globo (mesmo se só estiver conferindo no camarote).
Fonte: RD1 AUDIÊNCIA